O tráfego de pesquisa orgânica é o ponto de foco para a maioria dos administradores de sites – e por boas razões. Os mecanismos de pesquisa respondem às necessidades reais do usuário; eles tentam apresentar a melhor resposta para qualquer consulta que um usuário insere. Dessa forma, aparecer nos primeiros resultados em um determinado mecanismo de pesquisa é um endosso significativo desses sites cada vez mais importantes. Pode ser visto como um sinal de que sua empresa é de melhor qualidade e mais propensa a resolver as necessidades da parte de pesquisa do que outras. Como chegar ao topo desses resultados é uma tarefa muito mais complexa do que temos espaço aqui, então discutiremos isso em outro momento.

En cualquier caso, tanto para SEO como para SEM debemos tener en mente que quien lo ejecute debe ser un profesional bien formado en estos ámbitos, y mejor si tiene experiencia. El mundo online cada vez es más competitivo y se ha profesionalizado mucho, por lo que si otros lo hacen mejor que nosotros, ya sea porque tienen más experiencia o mayor presupuesto y recursos, es más probable que se posicionen mejor. Por ello, tendremos que definir nuestros objetivos de marketing en base a con quién competimos, y ser razonables sobre lo que podemos conseguir con nuestros recursos.

Identificado o cliente em potencial e seu momento de busca, passamos então a elaborar nossa estratégia de SEO, buscando o máximo de exposição nas ferramentas de busca, desde a s palavras-chave menos improváveis, e na maioria das vezes, com maior potencial de conversão, as Long Tails, até mesmo aquelas mais básicas, típicas de quem está iniciando uma busca.
Agosto de 2013: o Hummingbird, uma atualização nos algoritmos Panda e Penguin, é anunciado tendo a compreensão da semântica como uma grande novidade. Ele permite que o Google entenda que duas palavras distintas podem ter o mesmo significado e se referirem à mesma coisa. Por exemplo, carro e automóvel significam a mesma coisa dentro de um texto — e o Google passa a detectar isso.
De sus siglas en Inglés (Search Engine Optimization), es la práctica de utilizar una serie de técnicas que implican la optimización de la página (con los llamados factores on site) y su socialización en Internet con otras páginas (los llamados factores off site) con la finalidad de mejorar la posición de un website en los resultados de los buscadores para unos términos de búsqueda concretos.
Al principio los motores de búsqueda se basaban en el número de veces que se repetía una palabra. Al hacer una búsqueda rastreaban en su índice esos términos para encontrar qué páginas los tenían en sus textos, posicionando mejor la que más veces lo tenía repetido. Actualmente, son más sofisticados y basan sus índices en cientos de aspectos diferentes. La fecha de publicación, si contienen imágenes, vídeos o animaciones, microformatos, etc. son algunos de esos aspectos. Ahora dan más prioridad a la calidad del contenido.
Por outro lado, o contexto off-page diz respeito ao que acontece fora do site enquanto organismo autónomo e independente. Refere-se à sua envolvência, ao que, no eco-sistema digital, no seu exterior, refere e aponta “caminhos” para si, para as suas páginas, artigos ou produtos. Estas referências externas, que constituem indicadores de relevância e autoridade podem ter várias origens:

La importancia de todo esto reside en el hecho de que Google va a empezar a penalizar el contenido que no sea mobile friendly. La incertidumbre está en “cuándo” va a implementar esta medida; no obstante, lo ideal es empezar desde ya a pensar en la adaptación al móvil, pues Google está empezando a identificar y poner alertas a aquellas plataformas que no tienen esta funcionalidad.
Quando começamos a estudar o caso de Visión del Cine, descobrimos que compartilhar um artigo sobre Os melhores filmes do ano somente em janeiro dificultava a visualização do mesmo por nossos novos seguidores e fãs. Em outras palavras, quando publicamos somente uma vez, percebemos que estávamos perdendo a chance de tirar um maior proveito de um conteúdo que podia render muito mais. Para corrigir a situação, decidimos modificar a estratégia e voltar a compartilhar alguns conteúdos nas Redes Sociais.
SEO off page. Si bien es cierto que el SEO on page es fundamental, la parte off page cada vez va ganando más terreno e importancia, por lo que no debes descuidarla en absoluto. Esta parte del posicionamiento orgánico se encarga de trabajar más allá de tu propia página web. ¿Cómo? Primero, consiguiendo enlaces que apunten a tu página web, donde la calidad es preferible a la cantidad. Además de esto debes trabajar la autoridad en redes sociales, gestionar menciones en medios locales y esforzarte por conseguir un buen CTR en los resultados del motor de búsqueda.
Livro de capa bonita é atraente, mas se o conteúdo for fraco, só serve pra colocar na estante! Adote este lema e desenvolva textos bem escritos, obedecendo as normas ortográficas, em uma linguagem que “converse” com o seu público. Crie bons títulos; resumindo o que cada artigo trata. Use ilustrações bacanas, que tenham algo a “dizer” e que não sejam colocadas apenas para preencher espaço. Não aborde assuntos fora do seu nicho! Use temas que tenham a ver com o seu produto, serviço ou público. Os textos devem ser curtos, objetivos e leves para não cansar o leitor.
Mas, mesmo que a tabela facilitasse o trabalho, memorizar as informações ainda era uma tarefa impossível. Por isso, começamos a usar Postcron, já que nos permitia agendar publicações no Facebook, programar Tuítes e postar no Google+ de acordo com o padrão que estabelecemos e assim conseguir atualizar todas as contas de forma automática durante semanas.
Spiders de sistemas de busca podem observar um número variado de fatores quando estiverem navegando em um site, e muitas páginas de um site podem não ser indexadas pelos sistemas de busca até que elas adquiram mais pagerank ou links ou tráfego. A distância das páginas do diretório inicial de um site pode também ser um fator decisivo se uma página vai ou não ser navegada pelo spider, bem como outras métricas importantes. Cho et al.[5] descreveu alguns padrões para essas decisões de quando uma página visitada deve ser indexada pelo sistema de busca.
Ahora bien ¿cuánto valen esas 148.000 visitas? Pues si para ese término el gasto medio por clic es de 0,20€ estamos hablando de más de 29.000€/mes. Esto solo en España, si tenemos un negocio orientado a varios países, cada hora se realizan 1,4 billones de búsquedas en el mundo. De esas búsquedas, un 70% de los clics son en los resultados orgánicos y el 75% de los usuarios no llegan a la segunda página. Si tenemos en cuenta todo esto, vemos que son muchos clics al mes para el primer resultado.
Uma das vantagens de fazer publicações automáticas nos grupos do Facebook que acabou sendo muito útil pra nós foi o maior alcance que os grupos têm: todas as vezes que você publica em algum deles, todos os membros recebem uma notificação e veem as novidades em seu newsfeed. Sabendo disso, a chave do nosso sucesso foi  criar muitos grupos locais para diferentes cidades, focados em interesses específicos e usar cada um deles para promover nossos conteúdos.
A duração das palavras – Existem mais de 3 bilhões de sites na Web hoje, então o Google não classificará seu site se você escrever artigos curtos de 50 palavras para o seu blog. Um bom conteúdo deve ter um mínimo de 500 palavras, mas quanto mais, melhor! Blogueiros experientes escrevem pelo menos 1 000 palavras por dia, enquanto autores de livros escrevem cerca de 2.500 palavras por dia. O que impede você de escrever pelo menos 500?
O tráfego de pesquisa orgânica é o ponto de foco para a maioria dos administradores de sites – e por boas razões. Os mecanismos de pesquisa respondem às necessidades reais do usuário; eles tentam apresentar a melhor resposta para qualquer consulta que um usuário insere. Dessa forma, aparecer nos primeiros resultados em um determinado mecanismo de pesquisa é um endosso significativo desses sites cada vez mais importantes. Pode ser visto como um sinal de que sua empresa é de melhor qualidade e mais propensa a resolver as necessidades da parte de pesquisa do que outras. Como chegar ao topo desses resultados é uma tarefa muito mais complexa do que temos espaço aqui, então discutiremos isso em outro momento.
Como a otimização de um site para pesquisa, o uso de canais sociais – a mais recente, quinta categoria de geração de tráfego – tem suas próprias regras e práticas comuns, a maioria das quais não é falada ou, na melhor das hipóteses, não oficial. Isso se aplica tanto ao Facebook e ao Twitter, quanto a fóruns do setor, seções de comentários em blogs de qualquer tamanho e em qualquer outro lugar os usuários podem interagir com um site e adicionar informações.
×